Quer economia na construção da sua casa1?

2 minutes read

Basta planejar e organizar adequadamente da escolha do terreno aos acabamentos.

##Siga as dicas:

Passo 1 - Compra do terreno

É recomendável escolher um terreno plano, o que representará menos gastos com terraplanagem e fundações; Para avaliar o solo, é importante contratar uma empresa de sondagem; caso o resultado apresente um solo de boa resistência superficial, será possível utilizar uma fundação tipo sapata corrida (uma laje armada horizontalmente, de 50 a 60cm, em valas de aproximadamente 1 metro de profundidade), que consome menos concreto; Em um lote acidentado é possível fazer terraplanagem, mas a necessidade de fazê-la ou não será definida pelo projeto arquitetônico, que pode tirar proveito da inclinação ou dos acidentes naturais do lugar; Para terrenos em declive, uma solução pode ser a utilização de uma estrutura independente.

Passo 2 - Projeto

É altamente recomendável você informar Soprojetos o quanto pretende gastar com a construção para fazermos o orçamento quantitativo. Fazer revisão do projeto. É muito mais fácil e barato solucionar erros e pedir mudanças na fase do projeto do que derrubar paredes durante a obra; O telhado é um dos itens mais caros da construção; mansardas e outros recortes no desenho da cobertura representam mais custos de material e mão de obra; Concentrar banheiros e cozinha numa mesma área permite otimizar o uso da tubulação hidráulica necessária; A construção de ambientes como adega e salão de jogos somente devem ser previstos caso sejam realmente utilizados; Uma planta cheia de recortes dificulta a execução do serviço, requer mais material e representa mais área de pintura; Ambientes projetados com dimensões adequadas evitam as perdas de recortes em pisos de cerâmica, azulejos e outros materiais de acabamento (para assentamento nos cantos). Você pode adquirir o orçamento quantitativo da sua obra com soprojetos.

Planejamento

Depois que o projeto estiver definido, é necessário um planejamento da obra. Elaborada em conjunto com Soprojetos você pode registrar em uma planilha a ordem de execução dos serviços, duração e custo de cada fase da obra, evitando-se gastos com mão-de-obra e/ou materiais não necessários no momento; fluxo de caixa deve ser controlado para não correr o risco de parar a obra por falta de dinheiro (obra demorada é sempre mais cara). Anotar na planilha todos os gastos e sempre guardar recibos e notas fiscais, pois eles serão úteis para declaração do Imposto de Renda e para enfrentar eventuais problemas legais; Mesmo sem ter escolhido os materiais de acabamento, devem ser anotadas na planilha especificações dadas por quem fez o projeto, como tamanho, espessura, tonalidade, classe de abrasão e nível de absorção de água das cerâmicas, o mesmo valendo para outros itens, como madeira e carpete, poupando tempo na hora de pesquisar e comprar.

Updated:

Leave a Comment